O Blog:

Não importa se fútil ou cult, aqui tem o que agrada, desperta curiosidade, riso e coisas assim. Sem rótulo e sem pudor, seja fult com a gente!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Brega é amor

Hoje é sexta-feira, dia de descontrair, mas não só por isso, eu gosto mesmo de brega. Quem nunca cantou uma música brega com força e sentimento de derrota não sabe o que é viver, haha! E hoje logo cedo estava eu atoando no YouTube ouvindo umas músicas meio over e me deparei com cover sensacionais. Muitas vezes a versão original é estigmatizada, nem prestamos atenção na letra por ser coisa de velho, coisa de pobre e outros pejoarativos assim. Eu ouço a versão original com prazer, sem pronlemas com isso, mas já que estou falando de cover, vamos nessa onda. Primeiro, Diogo Nogueira com uma música ótima, antiga de doer, daquelas que aprendi no berço.



A segunda música é uma que adoro, original da Eliana de Lima, que encontrei um cara anônimo fazendo um cover mais cadenciado (e menos brega) que a original. Undererê me lembra os churrasco em família na década de 90, a letra é mais que demais! "Meu coração, tão solitário sem você, está ardendo de paixão, não não não!"



Agora é uma regravação do Só Pra Contrariar, dos tempos que Alexandre Pires tinha bigodinho. A letra é bonita, eu juro, e com Letuce ficou muito boa! O som tá maneiro, a imagem é meio sem noção, coisas de ensaio...



Mais uma vez Letuce, agora com uma regravação que nem lembro de qual grupo é, mas certeza que todo mundo sabe cantar, essa nem é das mais tristes, mas não chega a ser feliz, como todo bom brega. Uma cena de novela, uma paixão inesperada: Ela, ela e o namorado dela, eu e minha namorada...



A última nem pode ser considerada um cover, é uma versão levada a sério mesmo. Mas é tão sensacional que não poderia deixar de estar aqui. Quem nunca cantou isso? "É louura não ouvir o coração, desse jeito a gente pede pra sofrer, eu não quero te ver na solidão, tô fazendo muita falta pra vocêêêê". Dá o play e aumenta o som!



Pra quem quer um bônus track, digita lá no YouTube: Raça Negra - Me Leva Junto Com Você. É puro amor!

4 comentários:

Eder disse...

Clássicos do cancioneiro popular. Sem menos. O interessante foi você dizer que te lembra dos churrascos de família. Eu tenho o mesmo sentimento em relação, principalmente, a Undererê (sinto até o gosto do Kas Guaraná).

Darlan disse...

Sintogosto de Guaraná Brahma, haha. E lembro das garrafas de Kaiser vazias no outro dia. Antigo o tempo em que eu achava cerveja a pior bebida do mundo, rs.

Rosangela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Frank disse...

RACHEI!
huahauhaua